“Sunset Boulevard”: Os olhos famintos de afeto de Norma Desmond através da memorável composição de Andrezza Massei

Por Paulo Neto

William Holden (Joe Gillis), Gloria Swanson (Norma Desmond) e Erich Von Stroheim como Max. "Crepúsculo dos Deuses", filme noir de 1950 que originou o musical, foi indicado em 11 categorias ao Oscar.

William Holden (Joe Gillis), Gloria Swanson (Norma Desmond) e Erich Von Stroheim (Max). “Crepúsculo dos Deuses”, filme noir de 1950 que originou o musical, foi indicado em 11 categorias ao Oscar.

O filme de Billy Wilder (“Crepúsculo dos Deuses”) já tem quase 70 anos e os temas nele discutidos continuam mais vivos do que nunca: o poder destruidor da mídia, a toxicidade das entranhas de Hollywood, o ostracismo de velhas estrelas, a solidão, a busca insana pela beleza infinita. O musical, baseado no filme, com a assinatura emblemática de Andrew Lloyd Webber, estreou há 26 anos e trouxe grandes atrizes como protagonistas: Elaine Paige, Patti LuPone, Betty Buckley e Glenn Close.

Daniel Boaventura, Marisa Orth e Julio Assad formam o elenco principal de "Sunset Boulevard". FOTO: Divulgação.

Daniel Boaventura, Marisa Orth e Júlio Assad formam o elenco principal de “Sunset Boulevard”. FOTO: Divulgação.

Para recontar o romance trágico da sombria e esquecida atriz Norma Desmond com um jovem roteirista, a produção brasileira tem direção de Fred Hanson, hábil em construir atmosferas ágeis e soturnas. A fabulosa cenografia é do premiado Matt Kinley (“Annie”, “Chaplin”), que traz uma providencial esteira rolante circular, adereços que remetem à Old Hollywood e à piscina da casa da protagonista no local onde ficaria o fosso da orquestra. Iluminação e figurinos são de alto nível. Spotlights gigantes dos velhos estúdios criam um clima de magia para deleite dos amantes de cinema. Numa perseguição de carros, canhões/spotlights transformam-se em faróis automobilísticos, em belo momento.

FOTO: Caio Madruga.

Andrezza Massei: Esplêndida como Norma Desmond. FOTO: Caio Madruga.

Na sessão conferida, a alternante Andrezza Massei interpretou Norma Demond com o brilhantismo que já lhe é peculiar (ela foi Mrs Thenardier em “Les Misérables” e a bruxa Ursula de “A Pequena Sereia”). Andrezza é uma atriz e cantora esplêndida, que aqui soube imprimir densidade a uma das mulheres mais icônicas do cinema e do teatro musical. Os olhos pedintes de afeto dizem tudo o que Desmond precisa expressar na magnífica interpretação de “With One Look”. A articulação vocal, a dicção e o entendimento da personagem que Andrezza tem são o que o espetáculo tem de melhor. Desmond é revestida de cinismo, perigo e fome (de amor, de fama) e Andrezza sabe que a tragicidade desta mulher deve se sobrepor ao humor.

FOTO: Marco Mesquita.

FOTO: Marcos Mesquita.

Daniel Boaventura tem um solo ecoante com a famosa “The Greatest Star Of All”. Júlio Assad sabe expor o coração gelado do ambicioso roteirista. Entre os coadjuvantes destacam-se os talentosos Bruno Sigrist, Arízio Magalhães, Lia Canineu e Rodrigo Negrini.

FOTO: Marco Mesquita.

FOTO: Marcos Mesquita.

“Sunset Boulevard” é um espetáculo opulento e bem executado em seus diversos níveis. Tanto visualmente, quanto musicalmente, é um deleite para os cinéfilos. Vale ressaltar que as versões de Mariana Elizabetsky e Victor Muhlethaler adaptam as canções com destreza, deixando nítidos os sentimentos que elas (as personagens) despertam. “Sunset Boulevard” mostra que a crueldade da velha Hollywood está, mais do que nunca, refletida aqui, nos dias de hoje, através da máquina da fama cada vez mais voraz. A solidão, a depressão e a loucura de Norma Desmond são uma metáfora da exasperada humanidade, em pleno 2019.

 

“SUNSET BOULEVARD”

Música de Andrew Lloyd Webber

Baseado no filme de Billy Wilder

Direção Artística – Fred Hanson

Direção Musical – Carlos Bauzys

Coreografia e Direção de Movimento – Kátia Barros

Cenário – Matt Kinley

Figurino – Fause Haten

Versão Brasileira – Mariana Elisabetsky e Victor Mühlethaler

Elenco:

Marisa Orth, Andrezza Massei, Daniel Boaventura, Julio Assad, Eduardo Amir, Lia Canineu, Bruno Sigrist, Sérgio Rufino, Carlos Leça, Arízio Magalhães, Abner Depret, Brenda Nadler, Dante Paccola, Ester Elias, Fábio Ventura, Giovana Zotti, Hellen de Castro, Jana Amorim, Juliana Olguin, Letícia Soares, Luana Zenun, Mau Alves, Nick Vila Maior, Rafael de Castro, Renato Bellini, Rodrigo Negrini, Thiago Lemmos e Vânia Canto.

Teatro Santander (Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041 – São Paulo)

5as e 6as, às 21h; Sábados, às 17h e 21h; Domingos, às 15h e 19h

Duração: 2h30min (com intervalo de 15 minutos)

Ingressos: De R$37,50 (meia) até R$ 290 (inteira)

Vendas online: ingressorapido.com.br

Até 7 de julho de 2019!

Comente via Facebook